Quanto Ganha uma Aeromoça – Salário

A profissão de comissária de bordo é recheada de sonhos. Veja quanto ganha uma aeromoça.



O salário de uma aeromoça depende de muitas variáveis. Uma comissária de bordo (ou comissário, não sejamos sexistas) ganha muito bem, apesar de ter de fazer alguns sacrifícios – trabalhar nos feriados, ficar longe da família e dos amigos nas datas importantes, etc.

Quanto ganha uma aeromoça? Isto depende da empresa aérea em que ela está trabalhando, da fluência em idiomas estrangeiros, dos trajetos percorridos, dos cursos de aperfeiçoamento e das horas trabalhadas em cada semana. De acordo com o Sindicato Nacional dos Aeronautas, o salário-base, em voos domésticos (realizados dentro do Brasil), é de R$ 1.742 (para comissários de voo de táxi aéreo, o piso é de R$ 1.352).

aeromoça salário

Quanto Ganha uma Aeromoça?

O salário de uma aeromoça pode aumentar substancialmente em função de remunerações variáveis determinadas pela legislação. Um comissário de bordo tem os rendimentos aumentados pelo adicional de compensação orgânica (pago em função das condições desfavoráveis para o organismo), horas de voo e de reserva, gratificação de senioridade, adicional noturno e de periculosidade.

Os voos e a prontidão em domingos e feriados também determinam a majoração do salário. Efetivamente, uma aeromoça pode ganhar mais de R$ 3.000 por mês, logo no início da carreira. Os chefes de cabine – supervisores das equipes de atendimento aos passageiros – recebem salários acima de R$ 4.500 mensais.

aeromoças trabalhando

Os pré-requisitos para se tornar aeromoça

Para ser aeromoça, é preciso ter mais de 18 anos, ensino de nível médio, cumprir o programa de instrução teórica e prática (estabelecido no manual de curso de comissário de voo), ser aprovado em um curso homologado pela ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil e ter o certificado médico aeronáutico (CMA) de segunda classe, realizado em hospital conveniado.

+ Confira: TAM Trabalhe Conosco

O processo de recrutamento e seleção para aeromoça envolve entrevista pessoal, teste psicológico, dinâmicas de grupo e verificação das qualificações. Caso sejam aprovadas, as candidatas passam por um período de treinamento antes de finalmente embarcarem nas aeronaves.

curso de aeromoça

Curso de Aeromoça

Os comissários de bordo precisam realizar um curso com carga horária mínima de 160 horas-aula. Para a realização das atividades práticas do curso, é necessária a apresentação do CMA. Os hospitais conveniados para fornecer o certificado podem ser verificados no site www.anac.gov.br.

O curso envolve as atividades da aeromoça, o sistema de aviação civil, regulamentação do setor e da profissão de aeronauta, fatores humanos na aviação civil, segurança de voo, procedimentos de segurança em voo, navegação aérea, meteorologia, primeiros socorros, emergências a bordo, combate ao fogo, sobrevivência na selva e no mar.

A primeira etapa do curso de aeromoça (a parte teórica) pode ser realizada em cursos virtuais, com aulas online, fóruns e salas de bate-papo. As atividades práticas necessariamente precisam ser cumpridas em aulas presenciais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *