Quanto Ganha um Radiologista – Salário

O piso salarial de um radiologista é de R$ 1.356, mas muitos profissionais recebem mais de R$2.000 de salário. Confira o que faz e quanto pode ganhar este profissional.



Um radiologista – na verdade, técnico ou tecnólogo em Radiologia – trabalha preparando materiais e equipamentos para exames de diagnósticos por imagem. Além dos conhecidos raios X, o profissional também é responsável pela operação de densitometrias ósseas, ultrassonografias e tomografias computadorizadas.

Quanto Ganha um Radiologista?

Um radiologista não pode ganhar menos de R$ 1.356 mensais (esse é o piso salarial da profissão), acrescidos de 40%, a título de adicional de insalubridade. No entanto, em diversos Estados, a categoria obteve melhores salários. No Paraná, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo, o salário deste tecnólogo ultrapassa os R$ 2.000 mensais.

salário de radiologista

A formação de radiologista

Para se tornar um radiologista, é necessário concluir o ensino médio e cursar graduação tecnológica na área. O Ministério de Educação (MEC) determina que o curso tenha no mínimo de 1.200 horas de duração e recomenda que as faculdades mantenham bibliotecas (com acervo atualizado), câmaras escuras e laboratórios de anatomia, de informática (com programas específicos) e de radiologia clínica.

Radiologia, como as demais graduações tecnológicas, é cursada em dois anos. Os cursos são oferecidos nas modalidades presencial e semipresencial, na qual é exigida a presença dos alunos na faculdade apenas uma vez por semana (e nas datas de avaliações). As demais atividades são desenvolvidas com o apoio de uma conexão à internet.

Os futuros radiologistas estudam anatomia e fisiologia humanas, biossegurança, semiologia em radiologia, física aplicada, tecnologia e equipamentos, proteção radiológica, dosimetria, imagens, meios de contraste, processamento de filmes, técnicas radiológicas, informática aplicada, agentes do trabalho radiodiagnóstico e princípios de gestão. Para se graduar, é necessário cumprir um estágio supervisionado com carga de 400 horas e algumas faculdades exigem trabalho de conclusão de curso.radiologista

O trabalho de radiologista

A profissão de radiologista foi regulamentada em 1985. Para atuar, é necessário cadastrar-se no Conselho Regional de Técnicos em Radiologia. De acordo com a legislação, este profissional pode trabalhar nas seguintes áreas: radiodiagnóstico, radioterapia, medicina nuclear e radiologia industrial. A jornada de trabalho é de 24 horas semanais.

No dia a dia, um radiologista prepara os pacientes e a sala de exames para a realização de radiologias convencionais e de exames de diagnóstico por imagem, processa filmes radiológicos, auxilia em procedimentos radioterápicos e de medicina nuclear.

O mercado de trabalho para radiologistas está em expansão, especialmente em função da popularização de novos métodos e equipamentos para diagnóstico. Os profissionais podem atuar nos setores público e privado, em hospitais, clínicas, consultórios odontológicos e centros de diagnóstico.

Existem outras áreas de atuação. Um radiologista pode trabalhar em órgãos de fiscalização em portos, aeroportos e barreiras alfandegárias, operando aparelhos para detecção de drogas, armas e outros itens ilícitos, e também na indústria alimentícia (alguns processos radiológicos são usados na pasteurização, esterilização e conservação) e na prospecção de petróleo e gás natural.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *