Quanto Ganha um Piloto de Fórmula 1 – Salários da F1

Os salários variam bastante, de acordo com os títulos e a equipe dos pilotos de Fórmula 1.



Ao lado de ser jogador de futebol, este é o emprego dos sonhos de muitos meninos e jovens. Ser piloto de Fórmula 1 pode significar altos salários, badalação pelos fãs e pela imprensa e muita fama. Só para falar dos brasileiros, Emerson Fittipaldi, Nelson Piquet e especialmente Ayrton Senna se tornaram mitos do esporte. Mas nem todos os pilotos de Fórmula1 ganham salários astronômicos.

A Fórmula 1 é a principal categoria do automobilismo mundial. Ela exige talento natural, anos de prática e muita sorte. Quando se pensa em Michael Schumacher ou Sebastian Vettel, por exemplo, é preciso lembrar que, aos dez anos de idade, eles já estavam ralando nos circuitos de kart e escolas de pilotagem. Mas estas atividades são caras, inacessíveis à maioria da população.

salário de piloto f1

Quanto Ganha um Piloto de F1?

Além destes pré-requisitos, o candidato a piloto deve ser um bom diplomata, para lidar com os chefes das equipes. Alguns pilotos, mesmo atingindo fama e fortuna, estão fadados a serem meros coadjuvantes no circo da Fórmula 1.

Quem não se lembra da ultrapassagem de Schumacher sobre Rubens Barrichello, em 2002, no Grande Prêmio da Áustria? Ele simplesmente recebeu ordem para deixar o piloto nº 1 passar, em plena reta final.

Tudo bem, ele deu o troco em 2010, no GP da Hungria, quando ultrapassou o rival e conquistou o 10º lugar. Mas estes fatos pouco esclarecidos da Fórmula 1 talvez expliquem por que o inglês Lewis Hamilton e o espanhol Fernando Alonso estejam no topo do ranking salarial da categoria: são R$ 162 milhões anuais, contra “apenas” R$ 127 milhões do piloto inglês Lewis Hamilton, em terceiro Sebastian Vettel, tetracampeão mundial (entre 2010 e 2013) ganhará por ano R$ 122,5 milhões.

Salários da Fórmula 1

Em 2016

salários f1

Em 2014 e 2013…

salários da f1

Dos 24 pilotos que competem na Fórmula 1 (além dos pilotos reserva de cada categoria), apenas dez faturam mais de um milhão de euros a cada ano. Ao final de cada temporada, a briga por se manter na equipe – ou encontrar um lugar ao sol nas escuderias de ponta.

Nem por isto, no entanto, é um emprego de risco. O salário é composto por bonificações por pole positions, vitórias e pontuações (os dez primeiros colocados conquistam pontos a cada corrida). As estrelas da Fórmula 1 também assinam contratos de publicidade milionários. Aposentados, muitos se tornam comentaristas ou articulistas na grande imprensa.

Ranking e lista dos salários dos pilotos de F1

– Fernando Alonso (Ferrari): 162 milhões de reais

– Lewis Hamilton (Mercedes): 127 milhões de reais

– Sebastian Vettel (Red Bull): 122,5 milhões de reais

– Nico Rosberg (Mercedes): 75 milhões de reais

– Jenson Button (McLaren): 47 milhões de reais

– Kimi Raikkonen (Ferrari): 28,5 milhões de reais

– Daniel Ricciardo (Red Bull): 22,5 milhões de reais

– Felipe Massa (Williams): 18 milhões de reais

Os valores foram apurados pelo site “The Richest”, especializado em relacionar os mais bem pagos nas diversas áreas profissionais. Devem ser acrescentados todos os “extras” ganhos pelos pilotos de Fórmula 1 (incalculáveis e nunca informados), para saber quais são os rendimentos reais destas estrelas da velocidade.

2 comentários em “Quanto Ganha um Piloto de Fórmula 1 – Salários da F1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *