Quanto Ganha um Jardineiro – Salário

Os salários podem chegar a R$ 6.000 mensais, mas faltam jardineiros qualificados no mercado.



Salário de Jardineiro

É isto mesmo: nas regiões nobres das maiores cidades do país, um jardineiro ganha até R$ 6.000 por mês e, de acordo com a chamada lei das domésticas (lei complementar nº 150/2015), tem direito registro em carteira de trabalho, depósitos no FGTS, férias acrescidas de um terço do valor devido, cobertura do INSS, horas extras e aposentadoria.

O salário médio, no entanto, é bem mais baixo: cerca de R$ 1.000 mensais.

salário de jardineiro

O problema está na falta de qualificação deste trabalhadores. Em geral, são profissionais não especializados, que se limitam a cortar a grama ou podar alguns ramos de árvores. Um jardineiro, para ganhar bem, precisa saber formar canteiros, retirar pragas sem danificar as plantas ornamentais e mesmo produzir minhocários e hortas.

Um jardineiro pode trabalhar em escritórios de paisagismo, em que os salários variam entre R$ 4.000 e R$ 6.000 mensais. As empresas especializadas em criação, manutenção e transplante de jardins têm investido na formação dos próprios empregados – e quem tem interesse na área precisa procurar as oportunidades.

O que Faz um Jardineiro?

Este profissional participa do planejamento, adubação do terreno, criação e execução de um jardim, sempre em conjunto com o cliente e com arquitetos, paisagistas e agências de eventos, que implantam “jardins provisórios” para a realização de lançamentos, treinamentos, etc.

O trabalho do jardineiro consiste na implantação manutenção de jardins – que podem ser apenas gramados –, controle de parasitas, podas decorativas (algumas de gosto duvidoso, mas todo mundo tem direito a alguns dias de “Edward Mãos de Tesoura”) e opera equipamentos de pequeno porte, como foices e cortadores de grama.

Os brasileiros ainda não estão acostumados com o trabalho do jardineiro nos serviços domésticos. Em países de clima temperado, nos quais existe a necessidade de refazer jardins e hortas a cada nova primavera, existem inclusive concursos para eleger os jardins mais bonitos do bairro ou da cidade. Este fator – o faça-você-mesmo – reduz as oportunidades e, em consequência, os ganhos.jardineiro como profissão

Empresas públicas e privadas também contratam jardineiros para cuidar de parques, praças e canteiros à frente de fachadas e jardins de condomínios residenciais e comerciais. Nestes casos, é preciso “ascender” na carreira, que começa com o cargo de auxiliar de jardinagem (eles dificilmente ganham mais de um salário mínimo nacional); o ápice é o cargo de encarregado de jardinagem, mas poucos profissionais atingem esta função.

Curso de Jardinagem

Muitas escolas oferecem cursos de jardinagem gratuitos; em geral, eles são financiados por prefeituras e governos de Estado. Quem tem o ensino médio, porém, pode procurar cursos profissionalizantes de jardinagem e paisagismo, ampliando os horizontes profissionais e, consequentemente, ganhando bem mais do que os “curiosos”.

jardineiro

O interessado precisa gostar de plantas, de ornamentação e do trabalho ao ar livre. Afinal, ninguém que um canteiro que não seja atraente. Sem estes pré-requisitos, as probabilidades de sucesso na profissão são praticamente nulas.

Existem cursos online de jardinagem, indicados especialmente para quem está se iniciando na profissão. Os cursos virtuais facilitam a vida de quem não tem disponibilidade para muitos deslocamentos semanais, ou para quem não encontra opções na cidade em que reside. Tornar-se jardineiro, no entanto, é uma arte que exige muita dedicação e estudo.

Os futuros jardineiros precisam se preocupar também se preocupar com o investimento: é necessário comprar algumas ferramentas, pesquisar as plantas mais adequadas ao tipo de solo, pesquisar sobre hortas, plantas medicinais, compostagem, controle de insetos e outras pragas, formação de bonsais e técnicas de adubação (inclusive orgânicas, que vêm sendo cada vez mais exigidas pelos proprietários de casas com jardins).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *