Quanto Ganha um Fotógrafo Freelancer?

Tudo depende dos serviços incluídos. Veja quanto ganha um fotógrafo freelancer e como se tornar profissional.



Em geral, um fotógrafo freelancer se especializa em apenas um nicho de mercado: casamentos, bebês e crianças, festas infantis, famílias, retratos, arquitetura, etc. O profissional também pode enveredar pelo fotojornalismo ou arriscar-se como paparazzo (fotógrafo de celebridades).

Antes de definir o valor a ser cobrado em cada evento, é preciso levar em consideração o investimento necessário em equipamentos.

O preço não pode ser muito alto, para não assustar os clientes, mas deve levar em consideração o valor de alguns itens, como álbuns, DVDs, tratamento de imagens (é necessário um computador com um bom processador, para rodar programas de computação gráfica com eficiência), revelação e do próprio serviço.

Quanto Ganha um Fotógrafo Freelancer?

fotógrafo freelancer

Quanto um fotógrafo freelancer ganha em cada serviço depende da região em que trabalha e da sofisticação do evento que deve ser retratado. A experiência profissional também conta pontos: é preciso manter um portfólio digital atualizado das principais coberturas e distribuir cópias em salões de festas, serviços de buffet, escolas, etc.

A divulgação do trabalho em redes sociais também auxilia a fotógrafo freelancer a tornar-se mais conhecido. Este, no entanto, é apenas um passo inicial: assim que for possível, é preciso investir em um site profissional, para garantir maior visibilidade e conferir um aspecto mais profissional ao negócio próprio.

É importante oferecer diversas formas de pagamento para os clientes: cheques (inclusive pré-datados) e cartões de débito e crédito.

Atualmente, diversas empresas de intermediação de valores permitem que o aparelho celular se transforme em leitor de cartões.

As retiradas mensais precisam ser suficientes para cobrir as despesas com moradia e escritório, filhos, alimentação, transporte e também para formar uma poupança.

Os serviços de fotografia e filmagem costumam ser procurados durante o ano inteiro, mas é preciso precaver-se de eventuais surpresas desagradáveis.

fotógrafo freelancer quanto ganha

Para quem acha que para ser fotógrafo basta apenas uma câmera e sair tirando fotos, engana-se, confira acima alguns dos materiais que profissionais do ramo carregam junto com sua câmera.

Inicialmente, o trabalho pode ser realizado na própria residência do fotógrafo freelancer, mas é importante ter um espaço tranquilo para poder desenvolver as atividades de maneira adequada.

O profissional fotógrafo também precisa ficar atento para as distrações, como a TV ligada ou um “papinho rápido” com um parente ou amigo. Trabalhar por conta próprio exige muita disciplina.

Sendo um profissional autônomo, o fotógrafo freelancer deve pensar ainda nas despesas com INSS, férias, cursos de aperfeiçoamento, etc.

Outro fator importante é a depreciação dos equipamentos (é preciso ter um equipamento sobressalente, para o caso de eventuais defeitos): por melhor que seja uma câmera, ela tem um prazo de vida útil que não deve ser menosprezado.

Uma boa opção para quem está iniciando a carreira de fotógrafo freelancer é registrar-se como Microempreendedor Individual.

As despesas e burocracias são menores, o tempo de contribuição para a previdência fica garantido e o registro é possível para profissionais com renda anual de no máximo R$ 60 mil. Maiores informações podem ser obtidas no site www.portaldoempreendedor.gov.br.

Nas grandes cidades brasileiras, um fotógrafo freelancer pode ganhar entre R 3 mil e R$ 5 mil mensais – fotógrafos de jornais e revistas dificilmente ultrapassam retiradas acima de R$ 1.800 por mês.

+ Leia também: Qual o Salário de um Fotógrafo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *