Quanto Ganha um Cartunista – Salário

Tudo depende do talento e da sorte. Um cartunista iniciante não ganha mais de R$ 2 mil mensais.



Cartunista é o desenhista profissional que cria quadrinhos – tiras para jornais e revistas ou histórias para gibis. Apenas pequena parte destes profissionais consegue conquistar o grande público e realmente viver da sua arte. É o caso, por exemplo, de Adão Iturrusgarai, Alan Sieber, Angeli, Laerte, Glauco, Henfil, Jaguar, Luís Fernando Veríssimo, Miguel Paiva, Millôr Fernandes e dos gêmeos Paulo e Chico Caruso.

A maioria dos cartunistas brasileiros não consegue projeção suficiente para dedicar-se exclusivamente aos quadrinhos. Muitos trabalham como ilustradores, em agências de propaganda e editoras. Eventualmente, conseguem publicar alguns cartoons, mas pode-se dizer que esta é uma atividade esporádica.

cartunista salário

Quanto Ganha um Cartunista?

Um ilustrador em início de carreira ganha R$ 2 mil mensais, mas, se conseguir dominar linguagens digitais, o salário pode se elevar para R$ 2.500 a R$ 3 mil.

A grande dificuldade está no fato de que as editoras de jornais e revistas dificilmente contratam cartunistas desconhecidos. Os poucos artistas consagrados, por outro lado, têm as suas tiras reproduzidas em diversos veículos de comunicação, o que eleva substancialmente a renda mensal.

quanto ganha um cartunista

Como se tornar um cartunista

Em primeiro lugar, é preciso ter “mão” para o desenho. O interessado precisa dominar as habilidades básicas da arte (como expressões de objetos, fisionomias e pessoas). Aprender o desenho digital, com técnicas de 2D e 3D, é igualmente importante.

Em paralelo, experimentar o desenvolvimento de roteiros e tramas é fundamental. Do contrário, o trabalho ficará restrito à ilustração. Seja como for, muitas vezes, uma única imagem é suficiente para transmitir conceitos sofisticados – críticos, satíricos, etc.

É muito difícil que um cartunista consiga obter bons resultados em diversos segmentos. É necessário escolher um campo específico – preferencialmente, algo que seja do interesse do artista. É possível escolher a ficção científica, crítica do cotidiano, política, ou apenas humorismo puro, sem outras pretensões.

Apesar de já existirem, no Brasil, faculdades para formação de cartunistas, a profissão não é regulamentada. A graduação em nível superior, no entanto, pode ser um diferencial. O curso de Artes Plásticas é uma boa opção (o aspirante a cartunista deve procurar, entre as disciplinas optativas, aulas de história, ciência política, etc.).

Uma boa dica é criar um blog para divulgar o material criado. Esta pode ser, inclusive, uma fonte de renda: se os internautas se interessarem, podem ser vendidos espaços para anunciantes dos mais diversos segmentos.

cartunista quanto ganha

Cartunistas e seus ganhos…

O cartunista alemão Daniel Lieske, de 39 anos, faturou US$ 12 mil para criar a webcomic “The Worm Saga”. O autor disponibilizou os cartoons em sete idiomas. Os cartunistas do Charlie Hebdo (semanário francês que publica charges sobre política, economia e sociedade), chegam a ganhar mais de R$ 12 mil mensais pelas suas ilustrações.

Dois exemplos brasileiros: Ziraldo (cartunista, chargista, caricaturista, escritor, desenhista e jornalista), autor de “O Menino Maluquinho”, ganha R$ 70 mil por mês apenas com direitos autorais e a venda de seus livros. “O Menino Maluquinho”, também transformado em longa-metragem, já rendeu a produção de 50 itens diferentes.

Mauricio de Sousa é o mestre dos cartoons no país. Suas empresas movimentam US$ 2 bilhões anuais, equivalente amais de 85% do mercado brasileiro de quadrinhos. O criador de Mônica, Cebolinha & Cia. publica tiras e gibis desde o início da década.

Uma curiosidade: a publicação “Turma da Mônica Jovem” superou a tiragem da edição especial do Homem Aranha (Marvel Comics, EUA). A publicação brasileira vendeu 405 mil unidades, contra “apenas” 305 mil da história envolvendo o presidente dos EUA e Peter Parker.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *